Novo trailer de The Last of Us Part II choca o público

A conferência da Sony na Paris Games Week lançou diversos trailers dos novos lançamentos do console no último dia 30, mas o destaque foi para The Last of Us Part II, fechando o dia com chave de ouro.

Com um trailer de quase 5 minutos apresentando personagens totalmente novos à narrativa, só foi possível reconhecer que se tratava do novo game da franquia nos segundos finais, quando surgiram os clickers (nome dado aos humanos na terceira fase da infecção pelo Ophiocordyceps Unilateralis, que dizimou a população mundial, causando uma espécie de apocalipse zumbi).

Veja o trailer na íntegra:

Violência gratuita?

O trailer impactou não somente por se tratar de uma continuação muito esperada pelos fãs do console, como também pela violência aparentemente gratuita, fora de contexto, que chocou a plateia.

Em uma cena difícil de assistir, e após uma sequência de execução por enforcamento, uma mulher, aparentemente a líder do acampamento, dá ordens que os capatazes “cortem as asas” de uma prisioneira. Na continuação, um homem então pega um martelo e começa a quebrar o braço da detida a marteladas, com uma riqueza de detalhes que torna a cena tão real que é impossível não se sentir incomodado ou aflito.

Sim, há violência na maioria dos jogos, e em qualquer filme de terror que se preze cabeças e membros são cortados, mas há um limite de selvageria que uma pessoa consegue suportar, e aparentemente ele está em braços sendo quebrados a marteladas.

Diante de tanto bafafá, o presidente da Sony Computer Entertainment na Europa, Jim Ryan, se manifestou sobre o assunto em entrevista ao The Telegraph, dizendo que “The Last of Us é obviamente um jogo feito por adultos para ser jogado por adultos. Eu não deveria prever isso, mas provavelmente será um jogo +18 anos. Acho que é seguro dizer isso. E há um mercado para este tipo de pessoa, que gosta desse tipo de jogo. Adultos que gostam desse tipo de jogo.

Ao ser questionado sobre a não contextualização da violência, o que a tornaria pior, por ser gratuita, Ryan responde que “é difícil quando se tem um trailer de 4 minutos para resumir uma experiência de jogo que pode ser medida na casa das dezenas de horas.

Passado 5 anos após os eventos de The Last of Us, a sequência trará Ellie, agora com 19 anos, como protagonista, e ainda não possui data de lançamento. Diferente do primeiro jogo, que explorava o relacionamento entre Joel e Ellie, e o cuidado paterno que ele tinha com ela, a continuação deve focar mais no ódio de sua protagonista.

Nova informação revelada intriga os fãs

A Naughty Dog, estúdio responsável por The Last of Us, já confirmou em uma série de tweets os nomes dos dubladores de todos os que aparecem no novo trailer, e seus respectivos personagens, exceto aquela dublada por Laura Bailey, que encarnará mulher que aparece sendo enforcada no início do trailer, revelando apenas que seu nome contém 4 letras.

Seria ela Anna, a mãe de Ellie, dada como morta no primeiro jogo da franquia? Essa é a maior aposta dos fãs até o momento!

E você? É fã de The Last of Us? Tem mais algum palpite para a mulher misteriosa? Não se esqueça de comentar =)

Boo Mesquita

Geek de carteirinha e cinéfila, ama assistir a filmes e séries, ir a shows, ler livros e jogar, sejam games no ps4 ou boards. Quando não está escrevendo, pode ser vista fazendo pole dance, comendo fora ou brincando com cachorrinhos. Me siga no Instagram!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *